Arte de Anfitriar

e Colher Resultados que Importam

A Prática da Arte de Anfitriar

A Comunidade de Prática da Arte de Anfitriar vem crescendo em todo o mundo através de pessoas das mais diversas áreas de atuação que estão aprendendo, praticando e refletindo sobre a Arte de Anfitriar Conversas Significativas. Uma comunidade envolvida em projetos fascinantes em várias partes do mundo.

A Arte de Anfitriar tem sido utilizada nos mais diversos setores da sociedade: empresas, ONGs, comunidades, governo local, nacional e regional, em famílias e em processos complexos envolvendo múltiplos atores envolvidos.

A Arte de Anfitriar tem sido base para trabalhos inovadores na área da saúde, educação, protagonismo juvenil, no sistema jurídico e em muitos outros campos. Àqueles que se sentem chamados  a lidar com questões complexas, ela permite tanto uma estrutura, como uma abordagem que potencializa habilidades, desenvolve capacidades e oferece um convite significativo para as pessoas.

Educação

Em toda parte do mundo, a educação é vista como a base da sociedade civil e vista como um constante desafio. Muitas crianças vivem um sentimento de falha, professores são desafiados em salas de aula fechadas e muitos pais estão pensando o que, de fato, seus filhos estão aprendendo a ler em um mundo cada vez mais complexo.

Os praticantes da Arte de Anfitriar estão levando estas metodologias para as salas de aula com ótimos resultados. Usam o Círculo para ajudar as crianças a se prepararem para as lições do dia; World Café é um meio dos grupos compartilharem o que eles já sabem e identificar o que precisam estudar; Open Space é um meio de compartilhar o conhecimento e questionar os temas de forma coletiva, um dos caminhos em que o processo participativo ajuda os estudantes a serem responsáveis pelo seu próprio aprendizado e, adquirir habilidades para trabalhar bem em grupos. Esta abordagem da Arte de Anfitrar reconhece que os estudantes precisam ser aprendizes ativos e encorajam os professores a anfitriar a aprendizagem, mais do que ser individualmente responsáveis pelo conteúdo. O resultado é um campo de aprendizagem em que todos estão envolvidos.

Saúde

A Arte de Anfitriar está começando a entrar no campo da Saúde. Uma pesquisa de uma década sobre a promoção de um sistema de saúde acessível em Columbus, Ohio foi construída tendo como base a prática da Arte de Anfitriar. Teve início com o diretor da Associação Médica de Columbus, que encontrou colegas, parceiros e outras lideranças em toda a comunidade, “Our Optimal Healthé uma iniciativa que envolve praticantes da área médica, pacientes, organizações da área de saúde e um público mais amplo.

É uma pesquisa em curso, cujo objetivo é integrar e fortalecer um sistema de saúde acessível para toda a comunidade e um modelo de como as práticas participativas podem fazer a diferença numa abordagem complexa e desafiadora. Muitas outras iniciativas surgiram a partir deste trabalho. Dentro da Associação médica é uma prova  que o processo participativo pode trabalhar ao lado de práticas organizacionais institucionais de maneira a alcançar resultados bem sucedidos.

Juventude

“Os jovens são o nosso futuro!”, como costumamos dizer, mas como acolher e trabalhar com a energia dos jovens quando eles sentem-se desconectados, desapontados e sem perspectivas com o que a vida oferece? A Comunidade da Arte de Anfitriar está utilizando a prática participativa para criar espaços e lugares para o público jovem aprender habilidades colaborativas e trabalhar em questões que são importantes para eles.

Em locais como Nova Escócia e Ontário no Canadá, os praticantes utilizaram o “slogan”:  “Se é sobre nós, não faça sem nós” como mote para trazer o público jovem para as conversas da comunidade, ensinar habilidades participativas e orientá-los a tomar a liderança com bons resultados. O estilo descontraído e participativo da Arte de Anfitriar é bem adequado às gerações mais jovens e ao trabalho intergeracional.